Português (brasileiro) Bíblia - João Ferreira de Almeida Atualizada

Números 9

Números

Retorne a índice

Capítulo 10

1

 

  Disse mais o Senhor a Moisés:     

 

 


2

 

  Faze-te duas trombetas de prata; de obra batida as farás, e elas te servirão para convocares a congregação, e para ordenares a partida dos arraiais.     

 

 


3

 

  Quando se tocarem as trombetas, toda a congregação se ajuntará a ti à porta da tenda da revelação.     

 

 


4

 

  Mas quando se tocar uma só, a ti se congregarão os príncipes, os cabeças dos milhares de Israel.     

 

 


5

 

  Quando se tocar retinindo, partirão os arraiais que estão acampados da banda do oriente.     

 

 


6

 

  Mas quando se tocar retinindo, pela segunda, vez, partirão os arraiais que estão acampados da banda do sul; para as partidas dos arraiais se tocará retinindo.     

 

 


7

 

  Mas quando se houver de reunir a congregação, tocar-se-á sem retinir:     

 

 


8

 

  Os filhos de Arão, sacerdotes, tocarão as trombetas; e isto vos será por estatuto perpétuo nas vossas gerações.     

 

 


9

 

  Ora, quando na vossa terra sairdes à guerra contra o inimigo que vos estiver oprimindo, fareis retinir as trombetas; e perante o Senhor vosso Deus sereis tidos em memória, e sereis salvos dos vossos inimigos.     

 

 


10

 

  Semelhantemente, no dia da vossa alegria, nas vossas festas fixas, e nos princípios dos vossos meses, tocareis as trombetas sobre os vossos holocaustos, e sobre os sacrifícios de vossas ofertas pacíficas; e eles vos serão por memorial perante vosso Deus. Eu sou o Senhor vosso Deus.     

 

 


11

 

  Ora, aconteceu, no segundo ano, no segundo mês, aos vinte do mês, que a nuvem se alçou de sobre o tabernáculo da congregação.     

 

 


12

 

  Partiram, pois, os filhos de Israel do deserto de Sinai para as suas jornadas; e a nuvem parou ,no deserto de Parã.     

 

 


13

 

  Assim iniciaram a primeira caminhada, à ordem do Senhor por intermédio de Moisés:     

 

 


14

 

  partiu primeiramente o estandarte do arraial dos filhos de Judá segundo os seus exércitos; sobre o seu exército estava Nasom, filho de Aminadabe;     

 

 


15

 

  sobre o exército da tribo dos filhos de Issacar, Netanel, filho de Zuar;     

 

 


16

 

  e sobre o exército da tribo dos filhos de Zebulom, Eliabe, filho de Helom.     

 

 


17

 

  Então o tabernáculo foi desarmado, e os filhos de Gérson e os filhos de Merári partiram, levando o tabernáculo.     

 

 


18

 

  Depois partiu o estandarte do arraial de Rúben segundo os seus exércitos; sobre o seu exército estava Elizur, filho de Sedeur;     

 

 


19

 

  sobre o exército da tribo dos filhos de Simeão, Selumiel, filho de Zurisadai;     

 

 


20

 

  e sobre o exército da tribo dos filhos de Gade, Eliasafe, filho de Deuel.     

 

 


21

 

  Então partiram os coatitas, levando o santuário; e os outros erigiam o tabernáculo, enquanto estes vinham.     

 

 


22

 

  Depois partiu o estandarte do arraial dos filhos de Efraim segundo os seus exércitos; sobre o seu exército estava Elisama, filho de Amiúde;     

 

 


23

 

  sobre o exército da tribo dos filhos de Manassés, Gamaliel, filho de Pedazur;     

 

 


24

 

  e sobre o exército da tribo dos filhos de Benjamim, Abidã, filho de Gideôni.     

 

 


25

 

  Então partiu o estandarte do arraial dos filhos de Dã, que era a retaguarda de todos os arraiais, segundo os seus exércitos; sobre o seu exército estava Aiezer, filho de Amisadai;     

 

 


26

 

  sobre o exército da tribo dos filhos de Aser, Pagiel, filho de Ocrã;     

 

 


27

 

  e sobre o exército da tribo dos filhos de Naftali, Airá, filho de Enã.     

 

 


28

 

  Tal era a ordem de partida dos filhos de Israel segundo os seus exércitos, quando partiam.     

 

 


29

 

  Disse então Moisés a Hobabe, filho de Reuel, o midianita, sogro de Moisés: Nós caminhamos para aquele lugar de que o Senhor disse: Vo-lo darei. Vai conosco, e te faremos bem; porque o Senhor falou bem acerca de Israel.     

 

 


30

 

  Respondeu ele: Não irei; antes irei à minha terra e à minha parentela.     

 

 


31

 

  Tornou-lhe Moisés: Ora, não nos deixes, porquanto sabes onde devamos acampar no deserto; de olhos nos serviras.     

 

 


32

 

  Se, pois, vieres conosco, o bem que o Senhor nos fizer, também nós faremos a ti.     

 

 


33

 

  Assim partiram do monte do Senhor caminho de três dias; e a arca do pacto do Senhor ia adiante deles, para lhes buscar lugar de descanso.     

 

 


34

 

  E a nuvem do Senhor ia sobre eles de dia, quando partiam do arraial.     

 

 


35

 

  Quando, pois, a arca partia, dizia Moisés: Levanta-te, Senhor, e dissipados sejam os teus inimigos, e fujam diante de ti os que te odeiam.     

 

 


36

 

  E, quando ela pousava, dizia: Volta, ó Senhor, para os muitos milhares de Israel.     

 

 


Números 11

 

 

 

HTMLBible Software - Public Domain Software by johnhurt.com

 


Other Items are Available At These Sites: